10 Imperdíveis Atrações em Puerto Madryn

0

Observar baleias é uma experiência única e incrível para os viajantes de todo o mundo, crianças e adultos, que querem ver de pertinho esses adoráveis gigantes do oceano. Um dos melhores lugares do mundo para ver baleias é, na costa de Puerto Madryn, Argentina. Graças ao grande número de baleias e o pouco fluxo de turistas, Puerto Madryn desenvolveu uma gama de serviços de turismo de alta qualidade para os visitantes, mantendo o foco na sua vida selvagem e conservação. Mas as baleias não é a única razão pela qual você deve visitar este Patrimônio Mundial da UNESCO. Há uma série de outras atividades e atrações em Puerto Madryn.

Aqui estão 10 razões para incluí-lo em seu itinerário:

Looking down at a Southern Right Whale in the water

As baleias visitam a costa de Puerto Madryn a cada ano para levar seus filhotes à um lugar seguro / Fonte


1. Admirar-se com a Observação de Baleias

Entre os meses de Setembro e Dezembro, Puerto Madryn tem o privilégio de receber no seu litoral a visita das baleias francas-austrais (Eubalaena australis). A experiência de aproximar-se destas curiosas criaturas que governam o Oceano Atlântico é simplesmente indescritível. O tour de Observação de Baleias é muito organizado e conta com guias especializados que enriquecem a atividade. Uma boa oportunidade para sentir o poder da natureza, aprender mais sobre a vida marinha e conhecer a importância da conservação ambiental para o equilíbrio do planeta.

Dica: Depois de realizar o tour de observação de baleias, você pode reservar um tour à Playa El Doradillo ou uma atividade de caiaque no Golfo San José para ver de outros ângulos à esses gigantes marinhos encantadores.

A gull and a sea lion relaxing on a rock in Peninsula Valdes

A Península Valdés recebe todos os anos milhares de animais migratórios no seu território / Fonte


2. Conhecer a vida selvagem da Península Valdés

A Península de Valdés é uma das reservas naturais mais importantes do Hemisfério Sul e um dos nove Patrimônios da Humanidad que se encontram dentro do território argentino. Com uma área de 3.625 km², este lugar foi construído com o objetivo de conservar um habitat crucial para a vida de milhares de animais que se encontram em perigo de extinção. Em suas praias, falésias e golfos é possível observar gigantescas colônias de pinguins, elefantes marinhos, golfinhos, toninas, milhares de aves migratórias litorâneas, entre outros.

Dica: a melhor época do ano para visitar a Península de Valdés é entre setembro e março. Isso porque é a temporada em que concentram-se um maior número de animais migratórios e permanentes dentro da reserva. Para viver uma experiência completa, reserve uma noite de estadia em alguma das estâncias que se encontram na Península.

A group heading out to the boat to snorkel

O tours para nadar com leões marinhos em Punta Loma incluem todos os equipamentos necessários / Crédito: Daytours4u


3. Mergulhar com Leões Marinhos em Punta Loma

Mergulhar e nadar com os leões-marinhos nas águas cristalinas do Golfo Nuevo é uma das mais incríveis atrações em Puerto Madryn. E muito fácil saber porquê: este é um dos poucos lugares no planeta que é possível aproximar-se tanto destas meigas e engraçadas criaturas marinhas. Ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, esta atividade não requer experiência prévia como mergulhador e não é necessário ter seu próprio equipamento especial. Os tours incluem tudo o que você poderá vir a necessitar e a única coisa que você terá de se “preocupar” é escutar atentamente todas as instruções e recomendações do guia e desfrutar ao máximo dessa experiência única na Patagônia. Essa atividade é comumente realizada duas vezes, se você tem tempo e um orçamento que permita realizá-la uma segunda vez, vale muito a pena.

Dica: Se você é amante da aventura, lembre que Puerto Madryn é considerada a Capital Nacional do Mergulho da Argentina, isso graças às suas águas claras e límpidas, que permitem uma perfeita observação e interação com a fauna marinha.

Reserve seus tours em Puerto Madryn!

A penguin

Veja de pertinho os pinguins de Magalhães em Punta Tombo / Fonte


4. Visitar uma enorme colônia de pinguins em Punta Tombo

Todos os anos a Reserva Natural de Punta Tombo, localizada a 170km de Puerto Madryn recebe em seus 3 km de costa, uma colônia de aproximadamente 800.000 pinguins de Magalhães (Spheniscus magellanicus), que chegam com objetivo de ter suas crias. O mais surpreendente desta espécie que habita a zona meridional da América do Sul, é seu singular comportamento gregário. Isso quer dizer que essas aves não só possuem apenas um parceiro durante toda sua vida, como também sempre voltam a um mesmo lugar para formar seus ninhos. Os primeiros que podemos encontrar em Punta Tombo são os pinguins machos, que chegam no final de agosto para recondicionar seus ninhos. Um mês depois chegam as fêmeas para botar os ovos e chocá-los acompanhados de seus parceiros durante 40 dias. Quando começam a nascer suas crias, nos últimos dias de março, já estão preparadas para viver no Oceno e se preparam para a viagem de volta ao antártico.

Dica: Faça o Tour à Punta Tombo entre os meses de setembro à março. Escutar o canto rouco dos pinguins é uma experiência inesquecível e o melhor de tudo: esses curiosos animais não se assustam com a presença dos humanos. 

The Ecocentro perched on the coast of Puerto Madryn

Visite o Ecocentro e saiba mais sobre o rico e diverso ecossistema desta região / Fonte

5. Aprender sobre o ecossistema marinho no Ecocentro Mar Patagônia

Fazer um tour de observação de baleias, ou passar uma tarde contemplando uma colônia enorme de pinguins, elefantes e leões marinhos são experiências que se complementam com uma visita a este interativo Ecocentro de Puerto Madryn. Com uma proposta museográfica inovadora, este espaço cultural aberto há 25 anos é apropriado para todas as idades e a melhor maneira de conhecer a fundo a história ambiental da província de Chubut, por meio de exposições interativas que nos levam a adentrar o misterioso mundo das profundidades. Premiado em 2002 com o Prêmio Conservar o Futuro que entregam os Parques Nacionais da Argentina, e em 2006 com o Prêmio Melhor Museu do Ano pela Revista Lugares, este estabelecimento cultural vem demonstrando que os trabalhos de conservação e educação ambiental também podem ser atividades divertidas e interessantes.

Dica: Visite a lojinha de souvenirs para encontrar lindas lembranças de sua viagem por Puerto Madryn.

Welsh descendants carrying flags in Puerto Madryn

Os primeiros colonizadores galeses chegaram em uma embarcação chamada Mimosa, liderada pelo capitão Love Jones Parry / Fonte


6. Percorrer os simpáticos Povoados Galeses

As cidades de Puerto Madryn, Rawson, Trelew e Gaiman são as principais localidades construídas por imigrantes galeses que chegaram à Argentina para se instalar na região do Valle Inferior do Rio Chubut. Estes povoados cresceram graças ao caráter empreendedor desses pioneros, que se esforçaram em levantar seus lares e desenvolver novas atividades econômicas e culturais que permitiram uma melhor adaptação nas duras condições da Patagônia. Uma das características mais fortes dos recém chegados foram sua convivência pacífica com os povos indígenas Tehuelches e seu profundo espírito de conservação ambiental. Duas qualidades que transformaram a região em uma prolífera área de conservação ambiental, onde jovens e adultos podem observar de pertinho a vida selvagem.

Dica: A maioria dos voos aéreos chegam a Trelew, por isso, reserve antecipadamente um serviço de translado que te leve rapidamente a Puerto Madryn.

Cups ready to tea in a Welsh tea house

Viva uma experiência verdadeiramente galesa com uma cerimônia do chá galês em Gaiman / Fonte


7. Tomar um tradicional chá da tarde nas Casas de Chá Galês em Gaiman

Entre os costumes mais visíveis dos galeses que chegaram à Argentina podemos destacar as tradicionais Casas de Chá de Gaiman, onde as pessoas se reúnem para compartilhar deliciosos pães, tortas, biscoitinhos de todo tipo, acompanhados de uma variedade de chás deliciosos. A Torta Negra Galesa é uma das que não podem faltar nesta cerimônia – um pão doce típico galês, cuja receita é mantida em segredo. Outra delícia imperdível é uma fatia generosa do Queijo Chubut.

Dica: Muitos passeios que são realizados nos povoados galeses incluem esta visita às Casas de Chá Galês.

An old picture of people gathered for the Eisteddfod

Um dos primeiros Eisteddfod realizado na Patagônia, em 1880 / Fonte


8. Viver uma experiência cultural com o Eisteddfod

A celebração do Eisteddfod (estar sentado, no idioma galês) o Festival de Poesia Galesa é uma tradição muito antiga que os galeses mantém até hoje na Argentina. Neste festival, se reunem os melhores druidas da região para proporcionar uma linda competição na qual histórias e mitos são contadas principalmente no idioma galês e também em espanhol. No primeiro Eisteddfof celebrado na Patagônia, foi realizado em Rawson no ano de 1865, e a partir do ano de 1880 começou a tradição de realizar este encontro anualmente.

Dica: Hoje em dia o bardo – competição poética – é realizado na cidade de Puerto Madryn, durante o mês de agosto.

A lamb stew

Prove o delicioso cordeiro patagônico em um prato tradicional, como cawl / Fonte


9. Provar o delicioso e exótico Cordeiro Patagônico

Conhecer a cidade de Puerto Madryn e não provar um delicioso Cordeiro Patagônico é algo que não pode ocorrer. Um dos segredos deste prato é sua alimentação à base de orégano silvestre e outras espécies que se encontram nas regiões patagônicas, as quais dão ao animal um sabor característico e único. A forma mais comum é o tradicional estilo gaucho, ou seja, assado em um espeto sobre fogo a lenha, onde lentamente, vai absorvendo um sabor à defumado.

Dica: Peça seu cordeiro com molho de menta ou prove outro tipo de preparação com receitas mais típicas da região, como o cawl – guisado no idioma galês-; ou ao estilo sheperd’s pie – basicamente um escondidinho preparado com cordeiro.

A view of the Patagonian pampas

A vista do Parque Marino Costero Patagonia Austral / Fonte


10. Participar do Festival Nacional de Salmão em Camarones

Todo mês de  fevereiro, centenas de especialistas e fãs da pesca viajam 250 km ao sul de Trelew para a cidade de Camarones para celebrar o Festival Nacional do Salmão. Competições de pesca são realizadas, enquanto os amantes da comida do mar podem sentar e desfrutar o melhor marisco da região. Outras atrações são: o Parque Marino Costero Patagonia Austral e a Reserva Faunística Provincial Cabo Dos Bahías. Estas duas reservas naturais foram desenvolvidas para a conservação do habitat dos animais selvagens que vivem no litoral do hemisfério sul.

Dica: Embora não existam passeios regulares para esta área, você pode alugar um 4×4 em Puerto Madryn para conduzir através dessas paisagens deslumbrantes.

Com tantas razões para visitar a Patagônia, não hesite em reservar as melhores atrações em Puerto Madryn. Com sua vida selvagem abundante e grandes reservas naturais oceânicas, é certeza de ser ter férias inesquecíveis!

Por: Equipe de Conteúdo da Daytours4u