A Colômbia em 5 passos: Balance ao som de ritmos deliciosos

0

A Colômbia é um país de cores, sabores e ritmos marcados pela diversidade. É fácil ver o contraste no verde das suas montanhas, no amarelo da areia e no azul do mar, nas questões musicais também acontece algo parecido. Cada região tem um tipo de música diferente, que te instiga a se balançar e que, às vezes, te remete à época colonial. Nesta matéria fazemos uma viagem pelas terras dos ritmos colombianos mais populares, para que você faça as suas malas, prepare seus ouvidos e ensaie seus passos de dança.


1. O vallenato, acordeões e lendas

Este som, que usa o acordeão como um dos seus instrumentos principais, tem suas origens no caribe colombiano, onde as pessoas se sentavam do lado de fora das casas para aguentar o calor das tardes, enquanto bebiam uma cerveja, escutavam vallenatos e naturalmente a festa ia acontecendo. Pouco a pouco este ritmo foi adquirindo novas versões e foi se espalhando para terras mais frias, como Bogotá. Hoje em dia é muito comum escutar vallenato em um taxi de qualquer cidade colombiana, nos bairros ou enquanto se caminha pelo centro.

Sua fama é tão grande que a cada ano se celebra em Valledupar o emblemático Festival Vallenato, um dos melhores festivais e eventos culturais da Colômbia. Este ano acontece de 26 a 30 de abril de 2018 e o homenageado será o popular cantor Carlos Vives. Encontre toda a informação sobre este evento na página oficial do festival.

Participe do Festival Vallenato e aproveite cada desfile e apresentação musical

2. A cumbia, “ai olha que em Barranquilla se dança assim”

Este gênero musical é escutado em muitos países da América Latina, no entanto, é originário da Colômbia. Os escravos africanos, na época colonial, inventavam instrumentos de percussão para contar, através da música, historias de romance e paquera ao redor do fogo. Durante a dança, a mulher balança as cadeiras devagar, dá passos curtos enquanto arrasta os pés e agita sua saia longa, enquanto que o homem gira ao redor dela tentando conquistá-la.

Toda a Colômbia dança cumbia nas datas importantes de dezembro, no Caribe Colombiano é mais comum escutá-la durante todo o ano. Por isso se você está pensando em visitar Barranquilla pode aproveitar para escutar mais deste ritmo na Sala Interativa do Carnaval, Elsa Caridi; ou pode ir mais além e se animar a curtir o folclore local em um tour de Chiva por Barranquilla.

Na sua famosa canção Hips don´t lie, Shakira, com algumas misturas, balança suas cadeiras ao ritmo da cumbia:


3. A champeta, o reggaeton do povo de Cartagena

Falar de champeta em Cartagena era se referir à população afrodescendente e marginalizada da cidade de maneira depreciativa. No entanto, com a mudança de século, chegaram novas gravadoras que modificaram a linguagem das musicas e relançaram a champeta com expoentes jovens e talentosos. Logo, este ritmo musical estava sendo tocado nas baladas de elite da cidade e se converteu numa tendência.

Na atualidade, a champeta em Cartagena é parte da cultura da costa. Cerca de 10 minutos a pé da cidade murada, fica uma balada chamada Bazurto Social club, o lugar onde nasceu um dos grupos mais representativos deste gênero: Bazurto All Star.

Se você quiser completar sua experiência cultural, pode visitar o mercado de Bazurto em Cartagena onde ao compasso de sabores e do alvoroço das pessoas, poderá entender como a champeta passou a ser parte da cidade.

Conheça toda a cidade com um grande city tour por Cartagena


4. A Salsa, da cidade de Cali com amor

Com ares de som, jazz, mambo e bolero, a salsa é um gênero musical nascido nas Antilhas. Na Colômbia ganhou força na década de 60 e 70, a ponto de que muitas cidades como Cali adotaram este gênero como próprio.

A cidade de Cali é conhecida como a capital mundial da salsa. Por quê? Existem mais de 90 academias de salsa e cerca de 120 estabelecimentos para sair de balada. Se você for até San Antonio para ver a cidade de lá, se passear pelo centro ou entrar em algum lugar, com certeza você vai escutar este ritmo. É, sem dúvida, o som da cidade! Então, quando visitar Cali te aconselhamos a se preparar para dançar com uma classe de salsa.

A cada ano na Feira de Cali, que acontece a partir do dia 25 de dezembro, centenas de amantes da música, colecionadores, dançarinos e pessoas apaixonadas pela salsa, se reúnem para festejar.

*Pachanga: festa alegre ou reunião que quase sempre toma licor

Deixe-se seduzir pela salsa caleña. Participe de algumas aulas e dance como um profissional

5. O Calipso, a música dos insulanos

O Arquipélago de San Andrés, Providência e Santa Catalina combina o melhor da cultura colombiana e das Antilhas; por isso, sua mistura musical é fascinante. O gênero musical por excelência deste arquipélago é o calipso. Este ritmo, nascido em Trinidad e Tobago, usa como instrumentos principais os tambores metálicos, violino, guitarra e maracás. Normalmente se canta em crioulo –o dialeto do arquipélago- e em espanhol.

Não é normal escutar o calipso no resto da Colômbia, por isso se você quer se contagiar por este ritmo vibrante, te aconselhamos se programar para visitar San Andrés e ainda conhecer uma das maiores barreiras de corais do mundo.

Reserve aqui seu tour a San Andrés


Bônus: A carranga, o ritmo da zona rural

Nascido na década de 1970, este gênero musical de Boyacá é um dos ritmos representativos da região andina. A carranga se dança de maneira solta enquanto se balança alegremente as mãos. Atualmente estão sendo realizadas fusões com o rock, como fazem os Rolling Ruanas, para conseguir mais público.

Os povoados na região metropolitana de Bogotá tendem a escutar carranga e, diferentemente do que acontece na costa do caribe onde é normal que os ritmos invadam as ruas, a carranga é um ritmo restrito a festas, festivais e shows.


Deixe-se cativar pelos ritmos colombianos mais populares e se divirta dançando até amanhecer. Passe umas férias inesquecíveis na América do Sul e encontrea as melhores experiências de viagem na Colômbia com a Colombia4u.

Por: Laura García Betancur, jornalista e profissional em comunicação audiovisual colombiana da Universidade de Manizales, Colômbia.