O que fazer em Santiago: a onde ir e quais lugares visitar

0
O que fazer em Santiago. Catedral Metropolitana.

Foto: Lucila Runnacles/Viagem Cult

Vinho, compras e Cordilheira dos Andes, essas são algumas das palavras que vêm à cabeça quando pensamos em Santiago, mas a capital chilena tem muito mais para oferecer do que isso. Museus, comida saborosa, passeios de bicicleta e bairros bacanas para se esbaldar.

Confira quais são as principais atrações dessa bela cidade e se deixe levar também pelo seu lado cultural. Pablo Neruda foi um grande poeta chileno e as casas onde ele morou hoje são museus e bons lugares para conhecer a sua obra. Uma delas está em Santiago. La Chascona fica no bairro Bellavista e uma visita ali é perfeita para conhecer o passado de Neruda e saber um pouco mais sobre a sua excêntrica vida privada.

No mesmo bairro outro lugar para visitar é o Cerro San Cristóbal, que é o maior parque da cidade. O bondinho, o zoológico, o teleférico e a Virgem del Cerro são as as maiores atrações do Parque Metropolitano, como também é conhecido. Uma boa dica é subir no teleférico ou funicular para ver o pôr do sol a 860 metros de altura. E quem tiver mais fôlego, pode fazer o trajeto a pé até lá em cima.

Pelo centro

O que fazer em Santiago. Palacio La Moneda.

El Palacio de La Moneda – Foto: Lucila Runnacles/Viagem Cult

Percorrer o centro de Santiago é um passeio imprescindível para conhecer a história dessa cidade. O belo edifício branco do Palácio de la Moneda, sede do governo, pode ser o ponto de partida. Esse prédio foi construído em 1784 para cunhar moedas, daí vem o seu nome. Quem quiser visitar o edifício por dentro deve agendar com antecipação através deste link. E não deixe de entrar no Centro Cultural la Moneda, que fica atrás do palácio. Esse é um espaço com várias salas e exposições que valem a visita, além de uma loja de artesanato chileno muito interessante.

Saindo dali é hora de conhecer a Plaza de Armas, onde nasceu a cidade. Essa popular praça está rodeada pela catedral, pelo correio, pelo Museu Histórico Nacional e pela prefeitura. Além de turistas é comum ver gente descansando, jogando xadrez ou lendo um livro embaixo de alguma árvore.

Para quem quiser fazer compras ou caminhar um pouco mais, o Paseo Ahumada é um calçadão com várias lojas e muitos vendedores ambulantes de mote com huesillo, uma bebida típica doce feita com suco, pedaços de pêssego e grãos de trigo. Para quem gosta de provar coisas diferentes quando está viajando, essa é uma boa oportunidade.

E por falar em experimentar, um lugar típico para almoçar pratos de peixe e frutos do mar em Santiago é o Mercado Central, que fica bem no meio do centro histórico. O que chegar ao seu prato vai estar bem fresco porque no mesmo mercado há vários vendedores de peixes e mariscos. Um dos pratos típicos dali é a paila marina, o pastel de jaiba (caranguejo) e para quem não estiver com o orçamento apertado, recomendamos experimentar a famosa centolla vermelha (caranguejo gigante).

Museus

O que fazer em Santiago. Museus.

O Centro Cultural La Moneda – Foto: Lucila Runnacles/Viagem Cult

Para quem gosta de história e cultura, Santiago tem vários museus interessantes. Um dos mais importantes é o Museu da Memória e dos Direitos Humanos que conta com detalhes a triste história da ditadura militar de Augusto Pinochet. Vídeos, fotos, relatos e muita emoção estão espalhados pelos andares desse belo museu, que tem entrada gratuita. Do lado de fora está a grande Plaza de la Memoria.

A poucos metros dali fica o Quinta Normal, um bonito parque com um lago e várias palmeiras, casa também de outros museus, o de História Natural, Museu Ferroviário e o Museu de Arte Contemporânea. Quem entra no belíssimo edifício do Museu de História Natural é logo recebido por um esqueleto de baleia que impressiona. Esse é um passeio legal para fazer com crianças.

Arte urbana

O que fazer em Santiago. Arte de rua.

Mural no bairro de Yungay – Foto: Lucila Runnacles/Viagem Cult

Um dos bairros com mais grafites e murais da capital chilena é Yungay. Suas ruas coloridas dão muita vida a essa região que durante muitos anos foi o lugar favorito de imigrantes peruanos e haitianos.

Esse é um dos bairros com mais oferta cultural na cidade e belos casarões em estilo Bauhaus e Artdéco. O bairro ao lado se chama Brasil e também é conhecido pela sua grande oferta gastronômica e de bares.

E para quem gosta de apreciar uma cidade lá do alto, uma boa pedida é visitar o mirante do Sky Costanera. Esse é o mirante mais alto da América Latina. A vista que se tem do 62° andar é incrível, principalmente no fim da tarde. Se for inverno, as montanhas da Cordilheira dos Andes estarão nevadas e o visual será ainda mais belo.

O que fazer em Santiago. Sky Costanera.

Santiago vista do Sky Costanera – Foto: Lucila Runnacles/Viagem Cult

O mirante fica no mesmo edifício do shopping Costanera Center, um lugar perfeito para quem deseja fazer compras. Confira este post completo com os melhores lugares para comprar em Santiago.

Leia aqui o nosso guia de compras em Santiago

Arredores

E se ainda tiver dias livres, aproveite para fazer alguns passeios fora de Santiago. Uma boa opção é uma degustação de vinho com tour de bicicleta pelos vinhedos. Tudo isso a poucos quilômetros do centro.

Leia aqui sobre a experieência de vinhos e bicicleta em Cousiño Macul

Para quem preferir um pouco de mar, que tal conhecer Viña del Mar e Valparaíso em um só dia? E quem estiver procurando caminhadas mais longas no meio da natureza, o Cajón del Maipo é um lugar incrível.

Verão ou inverno?

Santiago é um destino que pode ser visitado o ano todo. Durante o verão as temperaturas não passam dos 30°C, mas como nessa região o sol bate muito forte por causa do buraco na camada de ozônio, é bem importante passar muito protetor solar. Essa época é perfeita para passear por Santiago e aproveitar para conhecer alguma cidade litorânea ou de vulcões, como Pucón.

Já para quem gosta de frio e neve, Santiago é perfeita porque conta com várias estações de esqui a poucos quilômetros. El Colorado, La Parva, Valle Nevado e Portillo são as mais famosas. A temporada de esqui costuma ir de junho até meados de outubro.

Veja aqui passeios e tours em Santiago

Lucila Runnacles
jornalista e autora do blog Viagem Cult