5 festas populares do Uruguai e uma noite nostálgica “de yapa*”

0

Ainda que o carnaval no Uruguai seja a festa urbana mais importante por excelência e durante fevereiro existem celebrações e desfiles por todas as capitais do país, para conhecer as tradições rurais e folclóricas nacionais as oportunidades não são tão abundantes. No entanto, aqui nós te oferecemos a lista de alguns festivais e festas populares do Uruguai, apropriados tanto para ir com toda a família como para grupos de jovens, que relembram a cultura gaúcha das épocas da colônia e das primeiras décadas da vida independente, onde além de se distrair um pouco você poderá aprofundar seus conhecimentos sobre a história do país.

Lembre-se que, diferentemente de outros países latino-americanos com maior presença indígena, no Uruguai os ancestrais são os gaúchos e todas as suas tradições. Não é à toa que os uruguaios dizem que não fazem favores e sim fazem “uma gauchada”.

Os festivais populares do Uruguai são adequados para ir como uma família e para grupos de jovens / Fonte

1. Festa da Pátria Gaúcha (Tacuarembó)

Localizada no centro do Uruguai, a uns 400 quilômetros de Montevidéu, a cidade de Tacuarembó se transforma todos os anos no núcleo das tradições gaúchas do país durante a “Festa da Pátria Gaúcha”, celebração que se realiza anualmente entre março e abril, antes da Semana do Turismo (Semana Santa). Ao redor da sua lagoa Las Lavanderas são construídos a cada ano ranchos de barro da época da colônia, inclusive existem competições, e durante seis dias fazem fogueiras, rodeios, atividades campestres, espetáculos com cavalos e shows, alguns folclóricos com pajens e danças típicas, enquanto outros são um pouco mais modernos, mas sempre relacionados com a cultura popular.

Quem for até a cidade pode aproveitar para visitar o Valle Edén, um pequeno lugar a 23 quilômetros da cidade de Tacuarembó, onde existe uma pitoresca estação de trem desativada e um museu do cantor de tangos e ator Carlos Gardel, devido à hipótese da maioria dos uruguaios de que “el zorzal criollo” nasceu lá.

Quando: A edição 2018 da Festa da Pátria Gaúcha será a Nº 32 e se realizará da terça-feira 6 até domingo 11 de março. Mais informações na página www.patriagaucha.com.uy.


2. Festival do Olimar (Treinta y Tres)

As margens do rio, Olimar, a cidade de Treinta y Tres, recebe no começo de cada Semana do Turismo (Semana Santa) a umas 30 mil pessoas no que provavelmente seja o maior festival folclórico do país. Os integrantes do famoso dueto folclórico Los Olimareños, José “Pepe” Guerra e Braulio López, oriundos desta cidade, normalmente estão presentes na lista de atrações do evento, junto a outros representantes da música popular uruguaia, que também se apresentam vários dias, assim como bandas modernas nacionais de rock, pop e cumbia.

Além disso, a uns 35 quilômetros da cidade de Treinta y Tres indo pela estrada 8 e depois por uma pitoresca estrada de terra, La Quebrada de los Cuervos oferece a oportunidade de realizar uma trilha pela serra, em um parque reserva onde inclusive você pode acampar ou alugar cabanas.

Quando: A edição 2018 do Festival do Olimar será o Nº 46 e se realizará de sábado 24 de março a domingo 1° de abril (pendente de confirmação). Para obter mais informações, por favor, ligar para a prefeitura de Treinta y Tres (+598 4452 2108) ou escrever para prensa@treintaytres.gub.uy e turismo@treintaytres.gub.uy.

El Festival de Olimar es, probablemente, el mayor evento folclórico del país

3. Semana da Cerveja (Paysandú)

Ainda que o nome sugira uma espécie de Octoberfest ao estilo alemão, não se confunda. O nome dessa festa tradicional do norte uruguaio faz referência à fábrica de cerveja Norteña, que funcionou por décadas nesta parte do país e foi o principal patrocinador deste festival que se realiza na Semana do Turismo (Semana Santa) às margens do rio Uruguai, o “paterno” como a população local o chama, e oferece vários dias de espetáculos no anfiteatro que está localizado lá, com capacidade para 20 mil pessoas sentadas. Para completar o evento, nesse momento do ano, dezenas de stands ecléticos se instalam no local com propostas que vão do artesanal e campestre uruguaio a outras curiosidades.

Além disso, o norte uruguaio oferece vários centros de águas termais: Guaviyú, Daymán, Arapey e Almirón, este último com a diferença de ser de água salgada. O melhor momento para visitar é na metade da estação, que coincide justamente com as datas em que se celebra esta festa.

Quando: A edição 2018 da Semana da Cerveja será a Nº 53 e se realizará do sábado 24 de março a domingo 1° de abril. Mais informações na web www.paysandu.gub.uy/semana-de-la-cerveza.

A Semana da Cerveja é celebrada em um anfiteatro com capacidade para 20 mil pessoas / Fonte

4. ExpoPrado (Montevidéu)

Na primavera, durante uns 10 dias, a zonal rural uruguaia se reúne no bairro de Prado em Montevidéu graças a Exposição Internacional de Agropecuária e Exposição Internacional Agroindustrial e Comercial (ExpoPrado), que combina exposições de todo tipo e atividades com cavalos e propostas culturais.

Ainda que o bairro de Prado não esteja presente na maioria dos folhetos turísticos de Montevidéu, conta com outras atrações vizinhas ao prédio da ExpoPrado, como El Rosedal (localizado na Av. Delmira Agustini esquina com Av. Buschental; nesta época do ano todas as suas roseiras já floresceram), o Jardín Botânico (porta de acesso pela calle 19 de Abril 1181) e o Museu de Belas Artes Juan Manuel Blanes (Av. Millán 4015), que possui um pequeno jardim japonês em suas instalações.

Quando: A edição 2018 da ExpoPrado será a Nº 113; sua data ainda não estava confirmada no momento da redação desta matéria, ainda que a estimativa seja que o evento aconteça, como a cada ano, no mês de setembro. Mais informações na página www.expoprado.com.

O ExpoPadro é uma feira que oferece atividades muito variadas, especialmente para crianças / Fonte

5. Fim de semana do Patrimônio (todo o país)

Uma vez por ano as portas de escritórios, empresas e outros lugares não tradicionais no Uruguai se abrem para que o público possa conhecer seu interior e história, enquanto que museus, praças e outros lugares de maior movimento organizam exposições e espetáculos especiais para os visitantes.

Este dia foi celebrado pela primeira vez em 1995 com o nome de “Dia do Patrimônio” e em sua evolução foi adquirindo um tema central por ano, entre os temas das edições anteriores estão o tango, a arquitetura uruguaia e o teatro nacional, e pessoas importantes como o ícone nacional José Artigas, o artista plástico Joaquín Torres García e o historiador Horacio Arredondo, entre outros.

Quando: A edição 2018 do Fim de Semana do Patrimônio será a Nº 24; sua data ainda não estava confirmada no momento da redação desta matéria, ainda que a estimativa seja que o evento aconteça no último quadrimestre do ano. Mais informações na página www.patrimoniouruguay.gub.uy.


6. Noite da nostalgia (todo o país)

Diferentemente das festas anteriores, a Noite da Nostalgia não tem vínculo com as tradições rurais do país e sim é totalmente urbana, mas como seu nome sugere, está relacionada com a melancolia típica uruguaia pelo passado, por isso decidimos incluí-la na nossa lista.

É celebrado na noite do dia 24 de agosto em todo o país. No dia 25 de agosto no Uruguai é feriado pela Declaração da Independência, por isso poucas pessoas têm que madrugar. E a programação musical está baseada nas décadas de 60’, 70’ e 80’, ainda que recentemente adicionaram também a música dos anos 90’ e do princípio dos anos 2000. A celebração se realizou pela primeira vez em 24 de agosto de 1978, quando o Dj Pablo Lecueder, proprietário nesse momento do CX-32 Radiomundo, organizou uma festa com músicas antigas de sucesso, que era o tema do seu programa de radio “Old hits”, e com o passar dos anos a proposta foi sendo adotada por outras baladas e casas noturnas.

Ainda que o nome oficial (“Noite da Nostalgia”) está patenteado pelo seu criador, quem visitar o Uruguai no final de agosto receberá dezenas de propostas de festas com música de todos os tempos. E ser jovem no dia 24 de agosto não é requisito para aproveitar a noite, de fato é o dia do ano onde os adultos mais velhos saem para dançar, alguns inclusive disfarçados com perucas black power e cheios de brilhos e lantejoulas como em “Os Embalos de Sábado à Noite”.

A Noite da Nostalgia é celebrada no dia 24 de agosto; é o dia do ano em que os adultos mais velhos saem para dançar / Fonte

Se você deseja incluir no seu itinerário de viagem excursões originais que te permitam viver uma experiência autêntica da cultura popular uruguaia, não perca o catálogo de tours da Uruguay4u, que inclui na sua oferta o Tour Estâncias Campestres saindo de Montevidéu e a Experiência Garzón e Villa Toscana saindo de Punta del Este. As reservas são feitas online e você conta com uma equipe de especialistas que têm as melhores dicas de viagem para este destino.

*Yapa: locução adverbial sul-americana que significa por adição.

Por: Carina Fossati, uruguaia, jornalista e autora do blog Hills To Heels