Os sobreviventes da Tragédia dos Andes, o acidente de avião que ocorreu na província de Mendoza, Argentina, em 13 de outubro de 1972, vão fazer uma nova expedição ao lugar onde o avião caiu faz 46 anos, com o objetivo homenagear as vítimas. Os organizadores da atividade, que será realizada nos dias 23, 24 e 25 de fevereiro, estão procurando mais aventureiros que queiram viver esta experiência única com os protagonistas desta historia.

A expedição chegará ao local onde os restos do avião estão localizados e serão realizados de 23 a 25 de fevereiro / Fonte

As vagas são limitadas e só 40 pessoas farão parte da expedição que levará Carlitos Páez, sobrevivente da tragédia, e sua família a última viagem que farão a este lugar. Páez é um dos rostos mais conhecidos desta tragédia, pois é o filho do conhecido artista uruguaio Carlos Páez Vilaró (1923 - 2014), cuja obra mais emblemática em Punta del Este é a famosa Casapueblo.

Quem desejar participar desta experiência na Cordilheira deve saber que a preparação física é importante. Ainda que não exista nenhuma exigência técnica, é recomendável treinar antes da data da partida, pois a parte final inclui uma caminhada de 12 horas entre a ida e a volta. Devido às dificuldades geográficas e climáticas é fundamental ter todo o equipamento para montanha.


Uma história de sobrevivência

Na sexta-feira, 13 de outubro de 1972, um avião da Força Aérea Uruguaia partiu de Montevidéu com 45 pessoas a bordo e caiu na misteriosa Cordilheira dos Andes. Era um grupo de jovens jogadores de rugby, seus amigos e parentes. Os sobreviventes do impacto ficaram presos nas montanhas nevadas a quase 4.000 m de altitude, sem comida suficiente, água, roupas adequadas e suportando temperaturas abaixo de zero.

Para sobreviver, organizaram um grupo chamado a “Sociedade da Neve” e conseguiram aguentar 72 dias de fome, dor e desespero. Um dos fatos mais conhecidos e destacados pela imprensa marrom foi à decisão dos sobreviventes de comer a carne dos falecidos para não morrer de inanição.

Finalmente, dois dos sobreviventes conseguiram cruzar a pé a cadeia montanhosa que os separava do vale chileno depois de caminhar por 10 dias, encontraram um cavaleiro, Sergio Catalán, que os ajudou e chamou o grupo de resgate.

[embedyt] http://www.youtube.com/watch?v=IhyVFwKwqcE[/embedyt]

Dados da expedição e como participar

Onde: Vale das Lágrimas, El Sosneado, província de Mendoza, Argentina.

Duração: 4 dias e 3 noites

Grau de dificuldade: Moderado

Altura máxima alcançada: 3.700 metros sobre o nível do mar.

Organizadores: a empresa uruguaia Latitude Aventura e Aventura na Montanha, oriunda de Mendoza, Argentina, são as organizadoras da expedição. Ambas as empresas se tornaram referência do turismo de aventura no sul do continente, especialmente por oferecer propostas turísticas fora do comum, com passeios a lugares menos conhecidos. Seus diretores, Octavio Romano e Francisco “Pancho” Salonia, têm mais de 30 anos de experiência como alpinistas e o sucesso das suas expedições se deve ao cuidado com cada detalhe das atividades que organizam e a paixão que os motiva a fazer todas as suas aventuras.

Itinerário:
- Dia 1: Recepção e checking no Hotel & Spa San Martín na cidade de San Rafael.
- Dia 2: Saída ao Posto Araya, cavalgada e chegada ao acampamento base. O percurso tem um total de 12 quilômetros.
- Dia 3: Trekking até o Memorial onde ficam os restos do avião. 13 horas de trekking entre a ida e a volta. Retorno ao acampamento e depois a San Rafael, Mendoza.
- Dia 4: Depois do café da manhã no Hotel & Spa San Martín, os aventureiros participarão da conferência exclusiva de Carlitos Páez.

Serviços incluídos::
- Transfer San Rafael - El Sosneado - San Rafael
- Duas noites no Hotel & Spa San Martín com café da manhã incluído
- Café da manhã no Hotel & Spa San Martín
- Cavalos e mulas para as bagagens
- Cavaleiros
- Guias de montanha
- Permissão de entrada e subida no Vale das Lágrimas.
- Pensão completa na montanha (café da manhã, barras energéticas, almoços, lanches, jantares)
- Equipamento de cozinha
- Equipamento de primeiros socorros
- Equipamento de comunicação VHF, telefone e spot via satélite.
- Barracas para dormir
- Barracas para comer (completamente equipadas)
- Reuniões informativas
- Assessoramento sobre o equipamento necessário

Serviços não incluídos:
- Viagem a San Rafael
- Gastos ocasionados pelo possível abandono da expedição
- Jantar na primeira e última noite em San Rafael
- Gorjetas
- Gastos extras, como comidas e bebidas não descritas no itinerário, chamadas do telefone via satélite e outros serviços não descritos como incluídos.
- Seguro pessoal de assistência ao viajante

Como participar da expedição: Para reservar seu lugar na Expedição pela Cordilheira você deve enviar seus dados pessoais e a informação de sua viagem à Argentina para o e-mail: hola@daytours4u.com. Por meio da Daytours4u você poderá pagar online pela expedição e nossa equipe de Atendimento ao Cliente responderá a todas suas dúvidas, te enviará uma lista detalhada com tudo o que deve levar para a viagem e solicitará o resto da informação que considere pertinente.

Por: Equipe de Conteúdos da Daytours4u