Na costa uruguaia a gastronomia ocupa um lugar tão importante quanto às praias. Na costa estão localizados dois empreendimentos nacionais que fazem parte do importante ranking “Os 50 melhores restaurantes da América Latina”. E também dezenas de propostas onde você pode provar frutos do mar frescos, vários locais para comer ou se apaixonar pelo chivito (sanduiche de carne), sem se esquecer das pizzas e tira-gostos, acompanhados com vinhos, a uva tannat é um clássico nacional, cervejas artesanais uruguaias e coquetéis de verão.

No verão, de dezembro a fevereiro, a aposta se multiplica com propostas temporárias que abrem somente na alta temporada. No entanto, a maioria dos locais que decidimos recomendar aqui ficam abertos o ano todo, para que você possa aproveitá-los independentemente do mês da sua viagem.


NA PENÍNSULA

Buenos AiresLo de Tere está localizado no Porto projetado para paladares e bolsos exigentes / Foto cedida por Lo de Tere

O Uruguai segue a tendência internacional das cervejas artesanais e o Capi Bar (endereço: Calle 27 entre Av. Gorlero e calle 24, Tel. 4243 8103) tem fabricação própria, com a marca Capitan Beer, contando também com outras marcas nacionais como a Davok, Volcánica e Cabesas. A proposta gastronômica para acompanhá-las inclui pizzas, saladas, hambúrgueres, chivitos, lula frita, ceviche e peixes. Localizado exatamente em frente ao bar, o Bigote Food Truck Garage (endereço: Calle 27 entre Av. Gorlero e calle 24) oferece uma praça de alimentação coberta com a presença de food trucks, onde você pode escolher entre pizzas tradicionais ou cone, chivitos, hambúrgueres, sanduíches, saladas e outras variedades de comida rápida. Ambos os estabelecimentos oferecem música ao vivo com frequência. Outra proposta informal e com bom preço é a da Olivia Restó (endereço: Calle 21 com a Rambla Artigas, Tel. +598 4244 5121), que fica a meia quadra do porto. Se escolher uma mesa no terraço você pode almoçar ou jantar vendo a baía.

Os turistas com um gosto mais refinado encontrarão no porto, o Lo de Tere (Rambla Artigas (Mansa) entre as calles 19 e 21, Tel. +598 4244 0492), com um cardápio especial assinado pela chef María Elena Marfetán, que combina produtos da estação, as melhores carnes uruguaias e uma delicada seleção de peixes e frutos do mar. Neste restaurante você poderá pedir pratos à la carte, mas também escolher um menu degustação com cinco, seis ou sete etapas. A outra opção favorita dos gourmets locais é o Cuatro Mares (endereço: calle Capitán Miranda esquina com a 2 de Febrero, Tel. +598 4244 8916), que fica muito próximo ao farol de Punta del Este. Como o nome mesmo sugere, a sua especialidade são os peixes e frutos do mar. Eles oferecem tira-gostos, ideais para quem quer provar vários sabores acompanhados por uma caipirinha ou taça de vinho.


BOULEVARD GOURMET

Chivipizza é a opção juvenil, econômica e descontraída de Boulevard Gourmet / Fonte

Na esquina das avenidas Roosevelt e Pedragosa Sierra, perto do Punta Shopping, tem um circuito conhecido como o Boulevard Gourmet pela quantidade e variedade de propostas gastronômicas concentradas no local. Inclusive de vez em quando são organizadas feiras gastronômicas onde os restaurantes e cafeterias montam seus stands na rua e os preços são mais baixos. Verifique no seu hotel ou no Google para saber quando será a próxima feira!

Nesta região está localizado o restaurante La Bourgogne (Av. Pedragosa Sierra com a Av. del Mar, Tel. 4248 2007), do cozinheiro francês Jean Paul Bondoux, que tem o privilégio de fazer parte do importante ranking “Os 50 melhores da América Latina”. Os preços são um pouco salgados, mas se trata de uma experiência única.

Por outro lado, o Chivipizza (endereço: Pedragosa Sierra esquina com a San Ciro, Tel. +598 4247 7777) é uma opção juvenil, barata e informal, ideal para provar o chivito uruguaio acompanhado por coquetéis gelados como as caipirinhas, daiquiris ou mojitos frozen.

Se a sua intenção é tomar o chá das cinco ou um bom café depois da praia, o Felix Caffè (endereço: Pedragosa Sierra com a Av. del Mar, Tel. +598 4248 3125) não te decepcionará. Neste local um chá completo para duas pessoas inclui scones, sanduíches quentes, tortas, e outros itens da pâtisserie, tudo elaborado pela casa. As delícias podem ser saboreadas dentro do local, ou no jardim, onde eles oferecem cobertores para os clientes durante as tardes mais frias, e você também pode pedir para levar pra casa. Se a ideia é tomar um chá das cinco, combinado com um jantar leve, eles também têm sanduíches, omeletes, coquetéis, vinhos e espumantes.


EM MALDONADO

O Chef Fernando Trocca é o criador do requintado cardápio de La Cantina del Vigía / Fonte

Punta del Este é famosa pelos preços altos. Portanto é comum que os turistas que já conhecem bem a região se hospedem por algumas noites na cidade de Maldonado para aproveitar os cardápios mais baratos. Na última década se concentraram na cidade propostas de grande qualidade gastronômica que fazem a visita valer a pena mais além dos preços baixos, como por exemplo, La Cantina del Vigía (endereço: Zelmar Michelini 744 Tel. +598 4226 8075), localizado em frente a um praça com o mesmo nome construída no final do século XVIII. Os proprietários do local são Agustín Benítez e Federico Desseno, este último também criou o restaurante "Marismo" que fica em José Ignacio, conta com um cardápio especial assinado pelo chef Fernando Trocca, La Cantina del Vigía tem dois fogões a lenha de onde saem delícias provenientes do mar e da terra. Inclusive o conhecido chef estadunidense Anthony Bourdain visitou o restaurante e o recomendou em seu programa de televisão!

Outra opção recomendável, que fica a poucos passos do La Cantina, é o Segundo Almacén del Caballito (endereço: Zelmar Michelini 819 esquina com a Rafael Pérez del Puerto, Tel +598 4227 2108). Neste local você pode comer churrasco, tortilla espanhola de batata, mexilhões, lula frita, tira-gostos, saladas e também carnes à milanesa. No Rio da Prata as pessoas adoram carnes à milanesa e este tipo de comida está incluído no cardápio semanal da maioria dos uruguaios.

Em Maldonado também vale a pena visitar Macachín (endereço: Santa Teresa 619 bis Tel. +598 94 102 776), um restaurante que prioriza a combinação de ingredientes locais. Exemplos? Entradas de queijos camembert injetados com licor caseiro de goiaba, pâncreas de vaca ao champagne salteado com azeite de oliva, ceviche de corvina com açafrão ou rins de vaca ao tannat num ninho de batatas.


DEPOIS DA PONTE

O Parador La Huella é um dos locais imperdíveis em José Ignacio, localizado mesmo em frente ao mar / Fonte

Depois de cruzar a ponte de Maldonado, que te leva à região de La Barra, na rua principal (endereço: Ruta 10) você encontrará muitos restaurantes, mas terá que caminhar algumas quadras para descobrir os segredos locais. Um deles é o Elmo (endereço: calle Los Bonitos esquina com El Cinto, Manantiales, Tel. +598 94 069 111), um lugar informal onde a madeira predomina e durante a noite recebe o comensal a meia luz, música ambiente e um forno de barro de onde saem pizzas e massas caseiras. O Elmo também se destaca pelos pratos com frutos do mar, e tem um cardápio de sobremesas que contém um dos melhores petit gateau de doce de leite que existe no Uruguai.

Mais ao leste, no balneário La Juanita, o Juana Cocina Bar (endereço: calle Atalaya esquina com Hector Soria, José Ignacio, Tel. +598 4486 2639) é um local despretensioso que oferece pizzas e massas preparadas no forno de barro, vinhos da região ou cervejas artesanais uruguaias. É também o lugar ideal para provar sobremesas como panquecas de doce de leite, uma das mais tradicionais do país.

E se Punta del Este pode ser considerado como um balneário de alto nível, a região de José Ignacio é ainda melhor. Neste lugar você deve conhecer o imperdível La Huella (endereço: Calle de Los Cisnes esquina com a praia Brava, Tel. 4486 2279) e não se deixe enganar pela decoração simples e nem pelo visual casual dos clientes, porque este restaurante do empresário gourmet Martín Pittaluga está no ranking “Os 50 melhores restaurantes da America Latina” e é o favorito das celebridades nacionais e internacionais. Não é barato, mas oferece uma boa relação custo-benefício, o único problema é que se recomenda fazer reserva e mesmo assim você sempre tem que esperar.


NO GARZÓN

Bodega Garzón tem um restaurante de alta gastronomia e oferece passeios através da vinha / Fonte

O pequeno povoado que fica a 30 minutos da península se transformou num espaço gourmet desde que o famoso chef argentino Francis Mallman abriu no local o hotel boutique e restaurante Garzón, (endereço: calle Costa Jose Ignacio esquina com La Capilla, Tel. +598 4410 2811). Os preços são muito altos, mas para aqueles que não se importam com isso, é uma experiência que vale a pena pelo menos uma vez na vida. Para os hospedes do hotel o plano é all-inclusive: café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. Outra opção mais barata para quem quer visitar o povoado sem gastar muito é a cafeteria, Panadería de la Mama (endereço: calle Costa José Ignacio com a La Cantera, em frente a praça principal) que oferece pães caseiros, sanduíches, tortas, saladas e outras comidas rápidas.

Nos arredores do povoado ficam o vinhedo e a Bodega Garzón, propriedade do magnata argentino Alejandro Bulgheroni, que inclui um restaurante de alta gastronomia e, além disso, oferece passeios pelos vinhedos e oliveiras, degustações, piqueniques e inclusive voos de balão.

[button link="https://www.uruguay4u.com/pt/punta-del-este-tours.html" size="medium" target="new" rel="nofollow" color="orange"]Clique aqui para ver os melhores tours e atividades em Punta del Este[/button]

. . .

Escrito por: Carina Fossati, uruguaia, jornalista e escritora do blog Hills To Heels